Blog Sempre Vale



26/06 - Curiosidades sobre queijos



A variedade existente de queijos no mundo é imensa, só na França são mais de 400 tipos.

Mas o que faz um queijo ser diferente do outro? O que diferencia um queijo do outro é o processo de produção, o tipo de mamífero que forneceu o leite, os teores de gordura, os tipos de bactérias usadas para a acidificação do produto, bolores, e principalmente o tempo de maturação.

 

Conheça algumas curiosidades sobre alguns queijos

Sabia que a verdadeira Mozarela italiana é feita com leite de búfala? Isso porque é mais branco e nutritivo do que o leite de vaca.

O queijo emmental, aquele muito usado em fondues, tem um processo de fabricação muito interessante. Ele passa por duas semanas no refrigerador e, em seguida, é levado para uma câmera com temperatura entre 20º C e 24º C. A mudança de temperatura coloca uma espécie de bactéria em atividade, produzindo gás carbônico e formando buracos no queijo.

A cidade de Parma, na Itália foi o berço do nosso querido Parmesão. Sua maturação chega a ser de 2 anos para adquiri sua firmeza. No Brasil consumimos muito a versão ralada desse queijo, principalmente em macarronadas, polentas e até bolos.

De origem francesa o queijo Roquefort leva esse nome, pois no seu processo produtivo o queijo é envelhecido nas cavernas da cidade de Roquefort, onde o ambiente fresco e úmido favorece o aspecto embolorado proveniente do fungo Penicillium roqueforti.

A ricota é uma tipo de queijo derivado do soro do leite de vaca. Sua origem é italiana e sua produção é uma das mais simples, pois basta ferver o soro para que a parte sólida venha à superfície.

Colonos dinamarqueses que viviam no Brasil no início do século XX, na tentativa de produzir o queijo Fynbo, acabaram fazendo um queijo muito apreciado por nós: o queijo prato, que recebeu esse nome devido ao seu formato cilíndrico baixo.




Institucional

A Empresa
Nossas Lojas

Conheça mais
Nossos Cartões

Conheça mais

Sempre Vale Supermercados
Todos os direitos reservados. © 2016